19.9.08

Porque é que me deixas assim? Esvaio-me na dor de não saber a que porta ir bater. Talvez não te tenhas esquecido de mim, mas esqueceste-te de mo demonstrar. E isso dói. Por dentro e por fora. Por mim todo. Em mim.

1 comentário:

Maharet disse...

ach so?