14.3.06

Estou cansado. Estou gasto. Estou farto.
Para mim o mundo já não é novidade.

Não.

Não lhe chamem pessimismo. Não é pessimismo.

É desilusão.

3 comentários:

catarina disse...

Discordo. O mundo é uma novidade constante... e sim, és pessimista.

ar disse...

Detesto deixar comentários em blogs, mas desta vez não posso ignorar o que escreveste. Há muito por descobrir e por conhecer. O mundo não é tão pequeno como as pessoas dizem que é. Outra coisa: não é desilusão, é pessimismo...

Koinonia disse...

Será que não há mais nada a sentir?
Não existirá mais a necessidade de vaguear na sensação?

"que serei na noite
e ao fim da estrada?"