1.9.09

Quando tu me estreitas nos teus braços, eu torno-me eu. Quando tu me olhas nos olhos, não preciso de pôr máscaras nem de fingir que sou o que quer que seja. É quando estou contigo que eu sou eu. Não sou mais ninguém.

3 comentários:

Pacithapis disse...

beijo*

uminuto disse...

Sermos nós nos olhos dos outros não é fácil, mas pode ser perfeito
um beijo

mmmim disse...

queria mostrar-te como o teu texto faz lembrar um refrão dos Delfins deste último album do "Urso Branco":P

é claro k não te vou fazer ouvir a música (que pra ser sincera nao me lembro qual é)... mas é pra saberes :P