30.3.08

Dói-me a dor de doer o que me dói.

1 comentário:

Maharet disse...

uma vez disseste: porque nao somos de madeira?