19.11.06

O remoinho remoinha na água

Assim como eu remoinho na mágoa

2 comentários:

Psyche disse...

Só remoinhas enquanto quiseres...às vezes a corrente é demasiado forte, mas sempre surge algo onde nos agarrarmos. Quando vires esse algo, não percas a oportunidade e agarra-te, com força, à vida.
beijinhos

*borbolletta* (BC)

pólo sul disse...

Olá Trovador!

Desencantado, sem dúvida.

Alguma vez saberás para onde e quando queres ir?

E se já sabes, porque não o escreves em vez de o evocares?

inté