31.10.05

Seria mais fácil esquecer-te.
Se te esquecesse talvez não me sentiria triste. Se te esquecesse talvez a alegria que já fui voltasse. Se te esquecesse talvez pudesse sorrir outra vez. Se te esquecesse...
Mas esquecer-te seria esquecer-me de mim. Do que fui e do que sou. E se fui alegria e se alguma vez sorri, não foi senão por causa de ti. Por isso não te quero esquecer. E enquanto não te esquecer, tu estarás aqui.

2 comentários:

Laranjinha disse...

Sei tão bem o que é sentir isso... Acima de tudo, saudades do que foi e jánão é. Do que veio e com a mesma rapidez foi...
Nostalgia dos bons velhos tempos...
Bj

catarina disse...

Gostei :)